Este Mercedes 220 Bluetec é susceptível de te injectar a confiança necessária para te convenceres de que és capaz de voar baixinho, olhar no espelho interior e ver reflectido um CEO de alto gabarito.

Uma maravilhosa expressão 100% tuga que significa um aviso veemente ao excesso de confiança. Se o interlocutor se dá ares, se o opositor acha-se, se alguém a quem demos a mão exige agora o braço, solta-se o grito (e nenhum gato mia, com perdão à Ala dos Namorados). Eis uma lista exemplificativa de NTE’s. Não te estiques:  que aqui os radares funcionam; com este polícia que é bravo; que foste tu quem passou com o vermelho; que o gajo daquela van tem todo o ar de possuir uma carabina na bagageira; com o homenzinho do stand que já te deu extras mais do que capazes de arruinar-lhe a comissão; com o teu anúncio no OLX pois ninguém vai acreditar que o teu chasso é quase um DeLorean arisco e senhor para ir daqui ao futuro; que a miúda jeitosa está a galar o carro não o condutor; na Inspecção que eles agora até uma caganita de pombo no pára-brisas consideram motivo para chumbo; com o examinador que está mortinho para te fazer repetir o exame; com o mecânico que é como Deus e tu acabas de te entregar ao criador esperto-que-nem-um-alho; nas curvas a abrir que estás looonge de ser um Fittipaldi;  com o álcool porque é duma irresponsabilidade atroz; que chove a potes e não estás inscrito numa prova de drift; com a cantoria dentro do carro em horas de ponta (o problema não é acharem que és louco, mas toda a gente ter uma câmara e perfil nas redes sociais); com o telemóvel se podes ligá-lo via bluetooth; no parlapié se fores homem. O multitasking não é o teu forte. Se conduzir, não palre; nos drive-ins. Sempre que possível, prefere fast-cars a fast-food; com o prazer que retiras da condução: se continuares a faltar aos compromissos, daqui a nada estás a conduzir um segway…como segurança dum centro comercial; com a moça que as tuas costas já não têm 20 anos; com o stress que ainda é só terça-feira e faz muito mal ao coração.

Estica-te, isso sim, com delícias tecnológicas como o Mercedes C 220 Bluetec, um avião com rodinhas, susceptível de te injectar a confiança necessária para te convenceres de que és capaz de voar baixinho, olhar no espelho interior e ver reflectido um CEO de alto gabarito, empacotar uma vida inteira na bagageira; fechar as portas e esquecer o mundo lá fora; imaginar 3 filhos espertalhões acomodados no banco traseiro e uma esposa satisfeita no lugar do morto… má escolha, ok. Uma sogra (para já) satisfeita no lugar do morto. 

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes